Explore
 Lists  Reviews  Images  Update feed
Categories
MoviesTV ShowsMusicBooksGamesDVDs/Blu-RayPeopleArt & DesignPlacesWeb TV & PodcastsToys & CollectiblesComic Book SeriesBeautyAnimals   View more categories »
Listal logo
[Rec] 2 review
118 Views No comments
0
vote

Por favor, não.

Add header image

Choose file... or enter url:
Apenas alguns minutos se passaram desde que as autoridades perderam contato com as pessoas presas dentro do prédio em quarentena. Ninguém sabe exatamente o que está acontecendo lá dentro. Do lado de fora, o caos reina. Para a Unidade de Operações Especiais esta é uma missão que parece simples e consiste apenas em entrar no edifício e analisar a situação. Mas, como sabemos, as aparências enganam.

[REC]² é a continuação do já clássico [REC], filme espanhol que deu banho na maioria de filmes americanos do mesmo ano que foi lançado, aliás, deu um banho em filmes americanos de todos os anos.
Com uma proposta simples e interessante, [REC] nos mostrou que não é só nos EUA que sabem fazer bons filmes. Poisé, infelizmente [REC]² veio para nos mostrar que também não são só os americanos que gostam de estragar filmes em continuações ruins (ou até, provavelmente, em uma série de filmes caça-níqueis).

Começando exatamente de onde o último filme parou, [REC]² tem um ótimo chute inicial, mostrando policiais prestes a entrar no prédio na maior da inocência (daí que a gente já começa a ter pena dos coitados).
Um dos caras vem com uma câmera, enquanto os outros (cada um deles) tem uma câmera no capacete, o que foi uma sacada boa demais dos diretores, já que poderiam explorar mais cada situação, mesmo quando os personagens se separassem ou qualquer outro caso em que o 'cinegrafista' não era quem estava a frente do problema.
Ok, você não disse que o filme era ruim? É, eu disse, calma. Mas é que ele não é de TODO ruim, ele é até bem divertido, hm.

Depois desse ponta pé inicial o filme ainda segue seu ritmo, com os policias entrando no prédio, procurando nos cômodos e nos deixando presos a cadeira a cada virada de câmera.



Agora, vamos aos pontos que cagaram o filme:
Primeiramente, o título-spoiler nacional - REC - POSSUÍDOS. Primeiro: Quem decidiu colocar esse sub título merece um "vá se fuder", segundo, obrigado, agora não preciso mais assistir o filme pra descobrir que eles não eram zombies e sim possuídos.
Continuando, o filme ia indo bem até, mas a partir do momento em que os policiais putinhos decidem descobrir tudo que está ocorrendo e acabam descobrindo que o cara lá era na realidade um padre e que todos aqueles doidinhos de pedra não passavam de 'pessoas possuídas por demônios' o filme desanda legal, vai pro ralo, pra falar a verdade (poxa, nesse filme agora os possuídos passaram a falar, enganar e rir dos sobreviventes, engraçado que antes eles não tinham essa incrível habilidade).



Não contentes em acabar com o suspense e graça do primeiro filme, os queridos diretores decidiram inserir no filme algo que deixa qualquer crítico-anti-filme-americano calar a boca legal. (é, a gente sabe que tem crítico que ama xingar coisas erradas de filmes americanos e falar que é "coisa de americano", né?).
Mas então, REC² vem e nos enfia goela abaixo TRÊS ADOLESCENTES QUE DECIDEM ENTRAR NO PRÉDIO POR UM BUEIRO!!!!! (Nossa, tão fácil, né?)

Então o filme se torna uma coisa bem, hm, chata de se assistir. Adolescentes e policias se encontram, possuídos decidem sumir de cena pra aparecer do nada e em bandos, mas sempre um vem lá dar uma palavrinha com o padre. Ah, já comentei que os caras tem medo de oração e da cruz? AHAHAHAHA, poisé.



Depois de algum tempo, quando eu já tava quase dormindo, o filme me ofereceu mais uma surpresa (e dessa vez boa). A volta da personagem "sobrevivente" do filme anterior: Angela Vidal (minha ídola, te amo).

Agora ok, mais bla bla bla de personagem sendo morto, zombies (opa, possuídos*) aparecem do nada e mais bla bla bla.

Chegamos no final, eba. E agora, o que vai acontecer?

Vamos ae, façam uma lista de mil boas maneiras de acabar o filme.
Poisé, errou, nenhuma dessas.

Agora pensem mais mil maneiras de acabar o filme, mas, dessa vez, maneiras RUINS.
Pá, errou denovo :(

Simplesmente a maneira que escolheram beira ao ridículo do rídiculo, aquele fim que te faz levantar e pensar *OK ESTOU COM TANTA RAIVA QUE VOU... CORRER PRO LISTAL DAR NOTA MÉDIA E FAZER UM REVIEW PODRE FALANDO MAL* Hm, que revolta.

É isso ae, como qualquer aspirante a crítico, vou imitar meus mestres e ser um pouco (mais!?) incoerente:
Meti pau no filme o review quase inteiro mas recomendo demais pra quem não tem nada pra fazer. Muahaha.



5/10
Avatar
Added by Dan
6 years ago on 12 November 2010 22:48




Post comment


Insert image

drop image here
(or click)
or enter URL:
 link image?  square?

Insert video

Format block